A Península de Maraú

Península de Maraú, 40 km de praias semidesertas e belezas naturais, a terceira maior baía do Brasil e algumas das melhores baladas de Verão da Bahia

“Luz do Sol ao Amanhecer” é o significado da palavra Maraú, o que transmite bem a ideia poética com que se fica ao passear por esta região mágica. É bem verdade que a luz do amanhecer na Península de Maraú é algo de muito especial. Como tão especial é também a cor alaranjada da gigante lua que se adivinha no horizonte quando aparece na sua fase mais cheia, ao cair da noite. Dificilmente se assiste a um espetáculo tão impressionante da natureza como o nascer da lua em uma das praias da costa da Península de Maraú.

As belezas naturais da Península não se ficam por aqui. Entre os 40 km de praias, destacam-se a Praia do Cassange, imensa e tão linda quanto exclusiva pela pouca quantidade de habitações ao seu redor, a Praia de Taipu de Fora com as suas já famosas piscinas naturais, que deixam descobrir na maré seca corais deslumbrantes e repletos de uma grande variedade de espécies marinhas e a Praia dos Algodões, também com as suas próprias piscinas naturais e um encanto especial ao entardecer.

Um grande atrativo natural da Península de Maraú são as várias lagoas de água doce, com destaque para a Lagoa do Cassange e a Lagoa Azul. As trilhas de areia são uma opção aventureira de passeio, com destaque para a trilha das bromélias, onde gigantes bromélias podem ser observadas em cima da copa das árvores.

A Península de Maraú é banhada pela baía de Camamu, a terceira maior do Brasil e a maior das ecologicamente preservadas. Num passeio de escuna ou de lancha rápida pela baía de Camamu, várias ilhas semi desertas podem ser descobertas. A Ilha da Pedra Furada, a Ilha Grande, a Ilha do Sapinho, onde se degustam à sombra de grandes Mangueiras vários petiscos de frutos do mar. E para finalizar, nada melhor do que um passeio até à cachoeira de Tremembé, a única do Brasil que deságua no mar, onde os barcos chegam debaixo da água para deleite e refresco dos passageiros.

E claro que beleza natural por si só não é suficiente. A Península de Maraú tem riqueza natural sim, mas também tem vida, tem festa e tem glamour. Atualmente, Maraú atrai muitos representantes da elite brasileira dos principais centros urbanos da região Sul e Sudeste, que aqui encontram a diversão com qualidade e requinte que esperam para o seu Reveillon, hoje com baladas muito concorridas. A festa de Reveillon do Tikal Praia Bar, na Praia de Algodões, ou a Festa do Café de La Musique, em Barra Grande, são algumas das opções.

Veja aqui algumas das atrações paradisíacas que a Península reserva para você: